06 curiosidades sobre baratas que talvez você não conheça

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Elas são pequenas, mas conseguem ser detestadas e causam pânico em muitas pessoas. Listamos 06 curiosidades sobre baratas para que você conheça um pouco mais desse inseto resistente e tão ligado a falta de higiene geral.

  • Baratas existem no mundo há mais tempo do que você pode imaginar!

Muito antes de o ser humano pensar em habitar esse planeta, as baratas já faziam suas presepadas por aqui. Os insetos já dividiram a Terra com os dinossauros e estima-se que as baratas como conhecemos já existam há mais ou menos 200 milhões de anos, enquanto seus predecessores já botavam as anteninhas para fora há 350 milhões de anos. Então, antes do ovo e da galinha, tínhamos baratas. Muitas baratas.

  • Baratas sobrevivem sem a cabeça.

O inseto ainda é capaz de sobreviver por vários dias sem a cabeça. É que suas principais estruturas vitais ficam espalhadas pelo abdômen (incluindo as que permitem a respiração) e, caso percam a cabeça, um gânglio nervoso no tórax passa a coordenar os seus movimentos, permitindo que fujam das ameaças. Como o seu corpo tem um revestimento de células sensíveis à luz, ela ainda pode localizar e correr para as sombras a fim de se proteger.

  • São insetos com pouca visão.

Elas não possuem olhos privilegiados, são quase cegas. A antena é seu grande diferencial: é por ela que as baratas sentem gostos, cheiros, detectam vibrações, mudanças de temperatura e umidade. É também por causa das antenas que elas conseguem sair correndo antes mesmo de você chegar até elas.

  • Comida.

As baratas conseguem ficar até um mês sem comer nada e semanas sem ingerir água. Quando existe algum tipo de escolha, geralmente optam por comidas mais doces, mas, quando os tempos ficam mais difíceis, elas podem comer de tudo: cola, graxa, sabão, couro, cabelo e até mesmo fezes.

  • As temidas baratas voadoras.

Para quem tem medo de baratas, nada dá mais desespero do que ver uma voando em sua direção. Mas calma, baratas são animais que preferem andar. Algumas espécies de baratas inclusive nem têm asas. A barata mais abundante nas grandes cidades, a Periplaneta americana, é uma das que possuem maior propensão a voar, por isso é chamada de “barata-voadora”. Ainda assim, os voos se restringem a períodos reprodutivos, a mudanças climáticas como a possibilidade de chuvas, e em momentos de “desespero”. Se você encurralar uma barata muito provavelmente ela vai sair voando em legítima defesa.

  • Baratas transmitem doenças!

Baratas não são vetores causadores de doenças específicas. Elas são “transportadoras” de várias doenças, pois carregam no corpo e patas bactérias, fungos e vírus. Entre as mais comuns estão cólera, peste, febre tifoide, herpes, poliomielite e conjuntivite.

A Kelldrin possui produtos específicos para cada caso. Confira alguns dos nossos produtos, Thornado Talqueira, Poderoso Pronto Pra Uso, Kellbyol Doméstico, Kellthine Multi Inseticida.

Leave a Replay

×

Olá!

Clique em um de nossos representantes abaixo para conversar no WhatsAp

× Como posso te ajudar?